QNAP Systems, Inc. - armazenamento ligado em rede (NAS)

Language

Support

Práticas recomendadas de implantação do Q’center

Quantos dispositivos NAS o Q’center pode gerenciar?

Não há um limite fixo para o número de dispositivos NAS que o Q’center pode gerenciar, mas as especificações de hardware podem afetar o funcionamento normal do Q’center quando um grande número de dispositivos NAS é monitorado. A tabela abaixo apresenta as especificações de hardware recomendadas segundo o número de dispositivos NAS monitorados:

Número de dispositivos NAS gerenciados Recomendação
Mesma sub-rede Sub-redes diferentes ou registros de conexão ativados CPU
(ou equivalente)
Memória Espaço em disco Cache SSD
1 a 50   4 CPUs virtuais 1 GB 108 GB Não
50 a 100   Intel® Celeron® quad-core 4 GB 200 GB Não
100 a 500   Intel® i5 quad-core 8GB 500GB Sim
  1 a 100
500 a 1.000   Intel® Xeon® E3 quad-core 16 GB 1 TB Sim
  100 a 500
  500 a 1.000 Intel® Xeon® E5 quad-core 64 GB 2 TB Sim

Nota: Um hardware mais potente é recomendado quando os dispositivos NAS gerenciados:

  • Estão em redes ou sub-redes diferentes.
  • Têm o registro de conexão ativado em "QTS" > "Painel de Controle" > "Registros do Sistema" > "Registros de Conexão do Sistema" > "Iniciar Registro".

Para seguir as práticas recomendadas de implantação do Q’center para gerenciar vários dispositivos NAS, há dois fatores principais que definem os requisitos de hardware do Q’center:

1. Quantos dispositivos NAS o Q’center precisará monitorar?

Em média, um NAS transfere 200 KB de dados por minuto para o Q’center para processamento, e gerenciar mais dispositivos NAS aumenta a demanda de largura de banda, o uso da CPU, o cache de memória e o desempenho de disco do servidor do Q’center. No entanto, se os dispositivos NAS gerenciados estiverem todos na mesma sub-rede, os Q’center Agents nesses dispositivos NAS poderão formar um conjunto para processar os dados nos diferentes dispositivos NAS antes de enviar os dados para o Q’center, diminuindo os requisitos de hardware.

A tabela a seguir mostra a diferença de uso ao monitorar 10, 50 e 100 dispositivos NAS em sub-redes diferentes em um NAS com uma CPU Intel i7-6700 quad-core de 3,4GHz.

N.º de dispositivos NAS 10 50 100
Uso da CPU (%) 1% 1,68% 4,84%
Uso de memória (GB) 0,9 1,02 2,47
Taxa de transferência de rede (KB/s) 8,6 36,64 126,73
IOPS de Disco 25 99 233

Com base na tabela acima, a configuração de rede deve ser reconsiderada quando o Q’center é necessário para gerenciar vários dispositivos NAS. Se todos os dispositivos NAS estiverem na mesma sub-rede, os requisitos de hardware poderão ser reduzidos. Se todos os dispositivos NAS forem agrupados em sub-redes diferentes, considere a implantação de vários Q’centers para diminuir a carga do servidor se não for possível satisfazer as especificações de hardware recomendadas.

2. Quantos registros o Q’center deve criar? Por quanto tempo eles devem ser retidos?

As configurações do NAS também podem afetar o desempenho do Q’center. Configurações de armazenamento mais complexas requerem transferência de dados adicional entre o NAS gerenciado e o Q’center. Por exemplo, ativar "Criar Registro de Conexão" em cada NAS gerenciado permite que o NAS registre cada conexão do usuário via SMB/AFP/NFS e iSCSI e, portanto, aumenta a quantidade de dados a ser enviada para o Q’center. Essas configurações não só aumentam os requisitos de CPU, mas também os requisitos de IOPS de disco do servidor do Q’center.

O Q’center cria todos os logs e registros de uso dos dispositivos NAS gerenciados. O período de retenção padrão de registros é de seis meses, e aumentar esse período aumentará também os requisitos de espaço de armazenamento do Q’center.

A tabela a seguir mostra uma comparação entre gerenciar 100 dispositivos NAS com os registros de conexão desativados e ativados:

Registro de conexão em 100 dispositivos NAS Desativado Ativado
Uso da CPU (%) 4,84% 19%
Uso de memória (GB) 2,47 4
Taxa de transferência de rede (KB/s) 126,73 307,11
IOPS de Disco 233 350

Ao configurar o NAS gerenciado e o Q’center, verifique se o NAS gerenciado requer uma configuração de armazenamento complexa ou a ativação dos registros de conexão. Cache SSD e conectividade 10GbE são recomendados para ajudar a gerenciar o aumento dos requisitos de largura de banda. Além disso, se dispositivos NAS adicionais forem ser monitorados pelo Q’center, considere expandir o volume/disco virtual onde o Q’center está instalado ou reduzir o tempo de retenção de registros no servidor do Q’center.

Data de lançamento: 2017-09-27
Foi útil?
Obrigado por seu retorno.
Obrigado por seu retorno. Se você tiver qualquer dúvida, contate support@qnap.com
71% das pessoas acham que foi útil.