QNAP Systems, Inc. - armazenamento ligado em rede (NAS)

Language

Support

Como usar a Virtualization Station?

O primeiro servidor NAS com gerenciamento centralizado de virtualização:

QNAP Virtualization Station permite operações virtualizadas de desktop no Turbo NAS para gerenciar várias máquinas virtuais. Com a interface fácil de usar, você pode gerenciar de forma centralizada todas as máquinas virtuais criadas no Turbo NAS com o mínimo esforço. Sendo capaz de hospedar múltiplos sistemas operacionais, o Turbo NAS é não só para armazenamento de arquivamento de dados e backup, mas também um amplo e poderoso servidor NAS.

Há muitos benefícios para o uso de operações de desktop virtualizadas: (1) máquinas virtuais podem ser criadas com diferentes sistemas operacionais (2) dados podem ser acessados e arquivos abertos diretamente pelos aplicativos instalados em máquinas virtuais (3) todas as operações são executadas no NAS para minimizar o risco de perda de dados e reduzir uso de largura de banda também.

Instalando o Virtualization Station

Para instalar o app Virtualization Station no QNAP Turbo NAS, por favor efetue login no NAS Desktop como um administrador. Vá para o "App Center" > "Virtualization Station" e clique em "Adicionar a QTS". Quando a instalação estiver concluída, inicie o Virtualization Station.



Quando você iniciar o Virtualization Station, ele vai primeiro verificar para ver se a versão do firmware do QNAP Turbo NAS é 4.0.5 ou superior, se o BIOS para a VT (Tecnologia de Virtualização) foi aberto ou não, e se o Turbo NAS possui pelo menos 4 GB de memória.



Em seguida, escolha a pasta padrão para o QNAP Turbo NAS localizar as máquinas virtuais (virtual VMs) que você irá criar no futuro.

Após configurar a pasta padrão, os Discos Virtuais que são criados nas VMs (máquinas virtuais) serão localizados na pasta padrão.

Em seguida, escolha a Ethernet para as VMs (virtual machines) que você irá criar no futuro.

Quando você tiver terminado de definir a pasta padrão e interface de rede, por favor, clique em "finalizar" para começar a usar o Virtualization Station no QNAP Turbo NAS.

Instale VM (máquina virtual)

Instale uma VM (máquina virtual) através de um CD/DVD

Se você deseja instalar uma VM (máquina virtual) através de um CD/DVD com um sistema operacional, você primeiro terá que criar uma imagem ISO do disco e salvá-la no QNAP NAS. Se você não tem o software para criar arquivos ISO, você pode usar o link abaixo para fazer o download de um aplicativo adequado. https://cdburnerxp.se/en/download

Depois de fazer o download e iniciar o CDBurnerXP, escolha "Copiar ou pegar disco" e, em seguida, clique em "OK".

Selecione "Disco rígido" como um alvo, em seguida, atribua uma pasta de destino, um nome para o arquivo e selecione "Tipo de arquivo: ISO (Faixa única)". Clique em "Copiar disco" para começar o processo.

Um arquivo de imagem ISO do CD/DVD será então gerado na pasta de destino que você selecionou.

Instale uma VM (máquina virtual) através de um aquivo ISO

A Visão Geral vai mostrar detalhes do QNAP Turbo NAS, incluindo seu nome, Especificação e uso da CPU, e capacidade total de memória e uso. Abaixo destes detalhes, todas as VMs (máquinas virtuais) que você criou serão listadas.

Criar VM:

Quando você deseja criar uma VM (máquina virtual), por favor, escolha e, em seguida, você pode escolher diferentes modelo padrão: "micro, mini, pequena, grande e extra grande" para construir uma VM pessoal (máquina virtual).


Em seguida, você pode configurar as definições do tipo e versão do sistema operacional, a localização da imagem do CD a pasta VM será localizado e a interface de rede.



Para concluir a configuração, clique em "Criar", e você terá criado sua VM (máquina virtual).

Em seguida, clique em "Iniciar" para ligar a VM (máquina virtual).

Por favor, clique em "Console " para instalar o sistema operacional em uma VM (máquina virtual).




Introdução da interface de usuário e função de operação do Virtualization Station

Visão geral:

A Visão geral mostrará detalhes do QNAP NAS, incluindo o seu nome, CPU e uso de memória, toda a capacidade de volume e da rede em tempo real de tráfego I/O. Abaixo destes detalhes, todas as VMs (máquinas virtuais) que você criou serão listadas.

Há cinco botões rápidos na coluna ação para operar a VM incluindo "Controle de potência", "Console", "Compartilhar", "Gerenciamento de conta" e "Designação QVM".

  1. Importar VM:

    Quando você deseja importar uma VM (máquina virtual), escolha e, em seguida, você pode importar os principais arquivos da VM do QNAP Turbo NAS ou seu PC.



    Nota: os formatos de arquivo *.ova, *.ovf são compatíveis com a máquina virtual exportadas do VirtualBox v4 e VMWare apenas; formato *.vmx é compatível com a máquina virtual criada no VMWare Workstation 8 e 9 apenas; formato *.qvm é somente para a Virtualization Station.

    Em seguida, você pode fazer as configurações de importação de VM.

     



    Quando você concluir a configuração, clique em "importar" e aguardar o processo de importação terminar. Em seguida, você verá a VM que você importou no Virtualization Station.


  2. Exportar VM:

    Quando você deseja exportar uma VM (máquina virtual), desligue esta VM (máquina virtual) antes da exportação.



    Em seguida, escolha ,e configure as definições que incluem a localização e formato de exportação de arquivos, imagens incluídas na exportação (e se elas devem ser compactadas ou não), e um nome de arquivo para exportação de arquivos. Após definir estas configurações, clique em "Iniciar" para começar a exportar a VM.



    Após o Processo de Exportação chegar a 100 %, clique em "Finalizar". Se você quiser baixar a VM exportada, clique em "Download".

    Você pode clicar em para verificar todas as tarefas de exportação de VM.

  3. Instantâneo:

    O Virtualization Station fornece um recurso de instantâneo para gravar o estado do sistema da máquina virtual em um ponto do tempo. No caso de uma falha na máquina virtual, os usuários podem rapidamente voltar à hora do instantâneo para assegurar uma contínua operação do sistema.

    Vá para a página de informações da VM e clique em "Instantâneo".


    Em seguida, insira o nome do instantâneo, e em seguida, clique em "Criar" para iniciar o processo de tirar um instantâneo.





    Quando você vê a mensagem "Criar instantâneo [nome do instantâneo] com sucesso", em seguida, você pode clicar em "Ocultar" para voltar a página principal do "Instantâneo". Em seguida, clique em para verificar todas as tarefas de instantâneo, e se você quiser recuperar o estado do sistema ao ponto de tempo em que você tirou o instantâneo, por favor, clique em "Reverter".



  4. Configuração de Rede:

    When you click “Network Setting”, the topology of network will be displayed. Clicking the VM adapter allows you to choose a virtual switch to connect. Clicking the Virtual Switch can set up the networking mode and be attached to an Ethernet interface.WORD 翻譯p.33


    Modos de redes
    • Rede Isolada
      Não anexar qualquer interface de Ethernet a um switch virtual cria uma rede isolada. Configuração manual do endereço de IP de VMs pode permitir a comunicação entre VMs ligadas ao mesmo Switch Virtual.
    • Rede Externa somente
      Depois de anexar uma interface Ethernet a um switch virtual, o endereço de IP da interface será alterado para 0.0.0.0 para que o tráfego de rede da VM não passe ao longo do NAS.
    • Rede em Ponte
      Anexar uma interface de Ethernet (entroncamento de porta disponível) a um switch virtual cria uma rede em ponte. O NAS e o Switch Virtual podem compartilhar a mesma interface de Ethernet sem ocupação e suporta a transferência de dados em alta velocidade via roteamento interno.
  5. Gestão de Conta:
    Quando você escolhe , você irá ver uma tabela listando cada uma das permissões do usuário. Esta tabela vai mostrar uma visão geral de permissões dos usuários para cada VM (Máquina Virtual) incluindo Permissão de Controle e Permissão de Visualização Apenas ou mostrar uma visão geral de VMs para cada usuário. Você também pode selecionar "Todos" para exibir ambos.


    Clicar em [Criar usuário] permite que que você crie um novo usuário. Você pode distribuir as VMs para o usuário e definir as permissões para uso de VMs, como Console e Ações. Por outro lado, se você deseja modificar as permissões de usuários existentes, clique no nome de usuário e restaure as permissões.


    Se você clicar em na tabela, você pode adicionar uma VM para o usuário atual com Permissão de Controle ou Permissão de Visualização Apenas. No entanto, se você clicar em na tabela, você irá remover a VM da tabela.


    Se você deseja excluir os usuários, por favor, marque os nomes e clique em [Excluir].
  6. Gerenciamento de Dispositivo

    A configuração do dispositivo de máquinas virtuais estão listadas aqui. Você pode alternar entre as abas incluindo Visão geral, HDD, Rede e USB para verificar suas informações. Ao clicar em "Editar", você pode adicionar, excluir e ajustar dispositivos.



    a. HDD

    Você pode escolher entre: 1) Exibição de armazenamento 2) Exibição de VM
    Exibição de armazenamento exibe o uso de cada volume e pasta de dados compartilhado, enquanto Exibição de de VM exibe as configurações de disco rígido, como controladores e modos de cache.


    b. Rede

    Você pode escolher entre: 1) Exibição de rede 2) Exibição de VM.
    Exibição de rede exibe o tráfego de switches virtuais e VMs conectadas, enquanto Exibição de VM exibe as configurações do adaptador de rede, tais como modelos de dispositivos e endereços MAC.



    c. USB

    Você pode escolher entre: 1) Exibição de USB 2) Exibição de VM.
    Exibição de USB exibe informações relacionadas a dispositivos USB, enquanto Exibição de VM mostra a VM conectada.



  7. Backup e Restauração de VM

    A VM pode ser copiada/restaurada de/para NAS local ou remoto. Cada tarefa pode ser ativada manualmente, parada, editada e excluída.


    Após clicar em "Nova Tarefa", você pode criar um backup ou restaurar a tarefa de/para o NAS local ou remoto.



    7.1 Para salvar informações no NAS remoto
    Para tarefas de backup/restauração remotas, informações do NAS remoto podem ser salvas para uso futuro.


    7.2 Agendar backup
    Agendamento de backup suporta definir o número máximo de versões de backup para a utilização do armazenamento otimizado.


    7.3 Gerenciamento descrição de NAS remoto
    Em "Gerenciar descrição do NAS" você pode editar, criar e apagar a informação NAS remoto salvos e sua descrição.


    7.4 Iniciar um backup de VM no local
    O backup VM no NAS local pode ser carregado diretamente como uma VM, mas não pode mais ser restaurado. Este mecanismo reduz o tempo de inatividade de serviços em execução na VM.
  8. Preferências:

    Quando você escolher "Preferências", você verá as quatro abas:
    1. Pasta Padrão: você pode definir a pasta padrão para a localização das imagens do disco do sistema operacional (Pasta de imagens ISo), e a localização das imagens de VM (Pasta de imagens HDD).
      Para outros usuários que não têm permissão de acessar o NAS e podem precisar usar as imagens de CD/DVD, você pode definir a pasta padrão para a localização das imagens de CD/DVD (Pastas Compartilhadas CD/DVD).
    2. Configurações de Porta
      As portas padrão de "Servidor Web", "Servidor Web (SSL)" e "Console HTML5" são 8088, 8089 e 3388, respectivamente. Você pode especificar as portas usadas pelo Station Virtualization.
    3. Configuração UPnP: Você pode habilitar/desabilitar o roteador UPnP para permitir o acesso ao seu NAS da Internet. (Nota: esta função só funciona com dispositivos suportados UPnP.)
    4. Idioma
      É possível alterar o idioma apresentado.

  9. VM Marketplace

    Se você escolher , você pode ver dois VM Marketplaces, "Bitnami App Store" e "VMware Virtual Appliances Marketplaces". Se você clicar em uma delas, por exemplo, [VMware Virtual Appliances Marketplaces], há um fluxo de trabalho para baixar os Aplicativos virtuais para orientá-lo como fazer download e importá-los para o Virtualization Station.


  10. Registros:

    Se você deseja verificar os registros do sistema do Virtualization Station, escolha para verificar. E se você quiser baixar todo o relatório de registros do sistema, por favor, clique em "Download" para fazer o download de um arquivo CSV do Virtualization Station dos registros do sistema para o seu computador.
  11. Página de Informações sobre Máquina Virtual

    Através da lista de Máquinas Virtuais, você pode visualizar todas as VMs (máquinas virtuais) que você criou. E quando você escolhe uma VM (máquina virtual), você pode verificar as informações de hardware para essa VM (máquina virtual).
    • Se você clicar em [Liga] irá ligar ou desligar essa VM (máquina virtual).
    • Se você clicar em "Suspender", , irá dar uma pausa para uma VM (máquina virtual) permitindo que você " Retome " mais tarde.
    • Se você clicar em "Console", irá ligar a VM (máquina virtual) e permitir que você use o sistema operacional nesta VM (máquina virtual).
    • Se você clicar em "Instantâneo", irá gravar o estado do sistema da máquina virtual em um ponto do tempo.
    • Se você clicar em "Excluir", irá excluir essa VM (máquina virtual).
    • Se você clicar em "Clonar", , vai copiar essa VM (máquina virtual) para outra pasta compartilhada no QNAP Turbo NAS.
    • Se você clicar em "Inserir Driver VM"], irá inserir a imagem do Driver VM na VM. (atenção: este driver da VM é capaz de instalar dispositivos de interface VirtIO como Virtual Gigabit Ethernet e controladores de disco virtual. Depois de selecionar os dispositivos de interface VirtIO, você pode usar o Driver VM para instalá-los dentro da VM).

    Se você clicar em "Virtual Machine Settings", você pode configurar todas as opções da VM (máquina virtual) incluindo rede, hardware, opções de inicialização, CD-ROM, vídeo, auto-iniciar, e console remoto.



    Marcar "Exeibição local" irá permitir operar a VM localmente através do HD Station. Você pode então usar um teclado, mouse e monitor HDMI para operar diretamente a VM como faria com um PC normal.

    Depois de marcar esta opção, haverá um ícone [QVM] mostrado na tela de saída em todo o HD Station. Clicar no ícone [QVM] entrará no console VM.

    Arrastar o cursor do mouse para o centro superior do console da VM exibirá uma barra de ferramentas com a opção "Deixar em tela inteira", "Enviar combinação de teclas" e "Desconectar".

    : sai do modo de tela cheia da VM
    : oferece a opção de enviar combinações de teclas
    : desconecta e retorna para a HD Station

    Clicar em ao lado da imagem de CD permitirá que selecione uma imagem ISO de CD/DVD a partir do Turbo NAS para inserir na VM.

    Clicar ao lado do USB permite que selecione o dispositivos USB que pode se conectar à VM.

    Observe:
    1. Devido à diversidade de dispositivos USB, não podemos garantir o suporte ao USB universal. Dispositivos USB genéricos, como drives USB, leirores de cartão, teclados, mouses, impressoras e scanners devem ser compatíveis.
    2. Se um driver for necessário para o dispositivo USB, você precisará instalá-lo na VM.
    3. Para usar dispositivos USB 3.0, eles devem estar conectados a uma porta USB 2.0. Dispositivos USB 2.0 (ou anteriores) podem ser usados com portas USB 3.0.
    4. Um máximo de 3 dispositivos USB podem ser utilizados simultaneamente em uma VM.




    Para remover um dispositivo USB:
    1. Desconecte o dispositivo USB usando o sistema operacional convidado
    2. Desconecte o dispositivo USB na página de informações da VM na Virtualization Station
    3. Desconecte o dispositivo USB do Turbo NAS
  12. Console:

    Por favor, clique em "Console " para instalar o sistema operacional em uma VM (máquina virtual).
    Você pode selecionar o nível de qualidade da conexão: Alta, Média, Baixa e Ultra baixa.


    • Se você clicar em irá parar de funcionar essa VM (máquina virtual).
    • Se você clicar em irá reiniciar essa VM (máquina virtual).
    • Se você clicar em irá desligar essa VM (máquina virtual).
    • Se você clicar em irá forçar o encerramento dessa VM (máquina virtual).
    • Se você clicar em irá gravar o estado do sistema da máquina virtual em um ponto do tempo.
    • Se você clicar em irá acionar o "Ctrl+Alt+Del" para essa VM (máquina virtual).
    • Se você clicar em vai mostrar o multi-teclado do software para esta VM (máquina virtual).


    • Se você clicar em , irpa ajustar automaticamente ao tamanho da janela.
    • Se você clicar em , irá exibir em tela cheia.
    • Se você clicar em , irá mudar a qualidade da conexão para nível alto.
    • Se você clicar em , irá mudar a qualidade da conexão para nível médio.
    • Se você clicar em , irá mudar a qualidade da conexão para nível baixo.
    • Se você clicar em , irá mudar a qualidade da conexão para nível ultra baixo.

Limitação de Estação de Virtualização

Item Descrição
Lista de suporte de sistema operacional Microsoft Windows XP
Microsoft Windows 7
Microsoft Windows 8
Microsoft Windows 8.1
Microsoft Windows Server 2003 R2
Microsoft Windows Server 2008
Microsoft Windows Server 2008 R2
Microsoft Windows Server 2012
Microsoft Windows Server 2012 R2
Fedora 11、12、13、14、15、16、17、18、19
CentOS 6.0、6.1、6.2、6.3、6.4、7.0
Red Hat Enterprise Linux 6、7
Suse Linux Enterprise Server 11
OpenSUSE 11、12
Ubuntu 10.04 LTS (Lucid Lynx)
Ubuntu 10.10 (Maverick Meerkat)
Ubuntu 11.04 (Natty Narwhal)
Ubuntu 11.10 (Oneiric Ocelot)
Ubuntu 12.04 LTS (Precise Pangolin)
Ubuntu 12.10 (Quantal Quetzal)
Ubuntu 13.04 (Raring Ringtail)
Ubuntu 13.10 (Saucy Salamander)
Ubuntu 14.04 (Trusty Tahr)
Ubuntu 14.10 (Utopic Unicorn)
Número máximo de CPUs Virtuais Até 4 para Intel® Core™ i3 / i5.
Atpe 8 Intel® Xeon / Core™ i7
RAM Até 30GB (VM simples).
- Torre (16GB): Até 14GB (VM simples).
- Montado em suporte (32GB): Até 30 GB (VM simples).
Número máximo de Virtual Switches Até 8.
Maximum number of snapshots Até 16 por VM (Máquina Virtual).
Número máximo de VMs em execução simultaneamente O número de VMs em execução concorrentemente é sujeito ao uso real da capacidade de RAM e CPU e aplicativos em execução em VMs. Executar diversos VMs ao mesmo tempo pode afetar o desempenho do NAS.
(Nota: Favor visite o website QNAP para informações detalhadas. Elas são tratadas para cada modelo NAS suportado.)
Número máximo de VMs Sem limite.
Suporte de Arquivo VM de Importação *.OVA / *.OVF: VirtualBox 4.x e VMWare 5.0
*.VMX: VMWare WorkStation 8 e 9
Cartão VGA VGA padrão.
(Favor note: Direct X e OpenGL não são suportados)
Data de lançamento: 2014-02-18
Foi útil?
Obrigado por seu retorno.
Obrigado por seu retorno. Se você tiver qualquer dúvida, contate support@qnap.com
78% das pessoas acham que foi útil.