QNAP Systems, Inc. - armazenamento ligado em rede (NAS)

Language

Support

Como usar o Container Station

Introdução

QNAP Container Station integra exclusivamente as tecnologias de virtulização leve LXC (Linux Container) e Docker®, permitindo que você opere vários sistemas Linux® isoladosem um QNAP NAS, bem como baixar milhares de aplicativos em todo o mundo.

 

Como usar o Container Station

Para instalar o Container Station de um QNAP NAS, primeiro faça login no NAS como um administrador e certifique-se de que ele esteja conectado à Internet.

  1. INSTALAR O CONTAINER STATION
    Vá para o “App Center” > “Utilitários” ou “QTS Essentials” e encontre o Container Station. Clique em “Adicionar ao QTS" (QTS 4.2 ou versões superiores apenas.)
  2. COMECE A USAR
    Depois que a instalação estiver completa, clique no ícone de atalho no menu principal. A primeira vez que o Container Station é usado, ele irá pedir por uma pasta padrão para armazenar as imagens e os recipientes. Selecione a sua pasta preferida e clique em "Iniciar Agora".

Criar Recipiente

Os recipientes usam uma arquitetura de dois níveis: “Imagem” e “Recipiente”.

Imagem:
Um arquivo de imagem é um modelo em tempo real usado apenas para criar um recipiente. A imagem pode conter uma versão do Linux (como Ubuntu 14.04 ) ou um aplicativo específico como o MySQL. Os arquivos de imagem podem ser integrados no Container Station, importados do NAS/PC, ou transferidos do Docker Hub Registry. Existem três tipos de imagens: Aplicativo (1) LXC (2) Docker (3).

Recipiente:
Os recipientes são criados usando os arquivos de imagem e podem ser lidos e gravados, além de serem executáveis. Uma imagem pode criar vários recipientes.

*Nota: Imagens LXC criam recipientes LXC, imagens Docker criam recipientes Docker. Ambos os formatos de recipientes são independentes e não podem ser convertidos.

  1. CRIAR RAPIDAMENTE UM RECIPIENTE LXC
    Imagens QNAP LXC oferecem uma grande variedade de distribuições Linux, permitindo que você crie rapidamente máquinas virtuais baseadas em Linux.
    Clique em “Criar Recipientes” > expanda “QNAP LXC / Imagens Docker”, e você verá algumas imagens LXC integradas (Debian/Fedora/Ubuntu).
    Usando o Ubuntu como um exemplo, clique em "Instalar".

    A caixa de diálogo “Criar recipiente" aparecerá. Aqui você pode modificar as informações tais como seu nome e uso de funcionalidades. Quando terminar, clique em "Criar".

    A instalação realiza duas ações, incluindo “download” e “criar". Você será capaz de acompanhar este progresso em Tarefas em segundo plano.

    Após a instalação, um nome de recipiente será acrescentado no menu principal à esquerda. Clique sobre o nome do recipiente ( “Ubuntu-trusty-1” neste exemplo) para entrar na página de gerenciamento do mesmo.

    A página de gerenciamento do recipiente fornece um console UI, permitindo que você utilize uma interface de linha de comando para operar o recipiente.
  2. CRIAR RAPIDAMENTE UM RECIPIENTE DOCKER
    Arquivos de imagem Docker oferecem uma variedade de aplicativos personalizados ou aplicativos práticos, tais como o WordPress, LibreOffice. Usando o WordPress como um exemplo, clique em “Criar Recipiente” Expandair “Imagens de Hub Docker Populares” > localize "WordPress" e clique em "Instalar".

    A caixa de diálogo “Criar recipiente” aparecerá. Aqui você pode modificar as informações tais como seu nome e uso de funcionalidades. Quando terminar, clique em “Criar”:

    A instalação realiza duas ações, incluindo “download” e “criar". Você será capaz de acompanhar este progresso em Tarefas em segundo plano.

    Após a instalação, um nome de recipiente será acrescentado no menu principal à esquerda. Clique sobre o nome do recipiente ( “wordpress-1” neste exemplo) para entrar na página de gerenciamento do mesmo.

    A página do recipiente apresenta definições de encaminhamento de portas e hiperlinks se o aplicativo for um serviço baseado na web. Você pode clicar no hiperlink para conectar ao seu WordPress.

    Começar a usar WordPress.
  3. CRIAR RAPIDAMENTE UM RECIPIENTE DO APLICATIVO
    Os aplicativos são grupos de imagens Docker que têm como objetivo fornecer um serviço completo, como, por exemplo, Aplicativos + Banco de dados, e também pacotes de instalação rápida. Usando GitLab como um exemplo, este aplicativo contém imagens GitLab, PostgreSQL e Redis.
    Para criar GitLab, clique em “Criar Recipiente” > Expandir “QNAP LXC / Imagens Docker”, localize "GitLab" e clique em "Instalar".

    O próximo passo será exibir a URL do GitLab, o nome de usuário e a senha. Memorize os mesmos e clique em "Criar".

    A instalação realiza duas ações, incluindo “download” e “criar". Você será capaz de acompanhar este progresso em Tarefas em segundo plano.

    Após a instalação, o menu principal à esquerda terá três recipientes:
    gitlab1_gitlab_1
    gitlab1_postgresql_1
    gitlab1_redis_1

    Estes três recipientes fornecem um serviço completa GitLab. Clique em “gitlab1_gitlab_1” para entrar na página do recipiente:

    A página do recipiente apresenta definições de encaminhamento de portas e hiperlinks se o aplicativo for um serviço baseado na web. Você pode clicar no hiperlink para se conectar ao seu GitLab.

    Digite o nome de usuário e a senha (padrão: root / 5iveL! Fe) e faça o login para começar a usar o GitLab.
  4. CRIAR RECIPIENTES DESCARREGADOS DO DOCKER HUB REGISTRY
    Você também pode usar a barra de pesquisa para encontrar aplicativos específicos ou as distribuições do Linux. Na página “Criar Recipiente”, você pode pesquisar por um nome de aplicativo (como “php”) do Docker Hub Registry.

    Escolha um aplicativo dos resultados da pesquisa e clique em "Instalar". A versão padrão é a mais recente, você pode alterar isso usando a lista suspensa.

    A caixa de diálogo “Criar recipiente” aparecerá. Aqui você pode modificar as informações, tais como seu nome e uso de funcionalidades. Quando terminar, clique em “Criar”:

    A instalação realiza duas ações, incluindo “download” e “criar". Você será capaz de acompanhar este progresso em Tarefas em segundo plano.

    Após a instalação, um nome de recipiente será acrescentado no menu principal à esquerda. Clique sobre o nome do recipiente ( “php-1” neste exemplo) para entrar na página do mesmo.
  5. IMAGENS LOCAIS
    As imagens serão armazenadas no NAS. Você pode ver as imagens instaladas e excluir as desnecessárias de “Criar Recipiente” > “Imagens Locais".
    *Nota: Um pacote de aplicativos será dividido em imagens separadas.
Data de lançamento: 2015-10-12
Foi útil?
Obrigado por seu retorno.
Obrigado por seu retorno. Se você tiver qualquer dúvida, contate support@qnap.com
48% das pessoas acham que foi útil.