QNAP Systems, Inc. - armazenamento ligado em rede (NAS)

Language

Support

Como usar e configurar o switch de Rede e Virtual?

Introdução:

Switch de Rede e Virtual integra o gerenciamento de IPv4, IPv6, Wi-Fi* e Thunderbolt em conjunto com um switch virtual. Switch de Rede e Virtual fornece um local central onde você pode criar, configurar e gerenciar conexões de rede, permitindo que você conecte seu computador ou dispositivo a redes locais e remotas. A interface gráfica do usuário intuitiva e fácil de usar permite que você rapidamente entenda o status das conexões de rede. Este artigo descreve as tarefas e procedimentos para administrar o Switch de Rede e Virtual .

* Esta função está disponível apenas em certos modelos.

1. Visão geral

Para acessar o Switch de Rede e Virtual, faça login no NAS como administrador e então vá ao "Painel de controle" > "Rede" > "Switch de Rede e Virtual".

Na página "Visão geral", você pode exibir o status atual de conexão de rede, velocidade de download/upload e a topologia de rede. Conforme o diagrama abaixo, o gateway padrão do sistema é configurado no adaptador 1 e conexões com a Internet são através dessa interface. O diagrama mostra também que o Adaptador 2 e Adaptador 3 estão conectados a outros dispositivos. Switches virtuais criados por Container Station e Virtualization Station também são exibidos aqui.

Mais informações sobre os adaptadores de rede podem ser visualizadas clicando em "Mais” do lado direito.

No TBS-453A, o Adaptador 2 tem um switch físico interno e ele é exibido como a seguir:

Clique no adaptador para visualizar sua localização.

Você também pode obter informações de largura de banda de cada porta LAN no adaptador.

2. Interfaces

Ele mostra as configurações básicas do adaptador de rede, tais como o endereço de IP, endereço do servidor NAS, Entroncamento de portas e configurações de IPv6. Use switches virtuais para ligar as conexões de rede, para que elas podem se comunicar. Por exemplo, você pode criar uma ponte entre uma conexão de Internet e uma conexão de rede para permitir que outros dispositivos se conectem à Internet.

a. Configurar um adaptador de rede

Para definir as configurações do adaptador de rede (por exemplo: Endereço e IP e a associação VLAN), clique em "Editar" .

Opte por obter um endereço de IP de um servidor DHCP ou inserir manualmente um endereço de IP.

Você também pode configurar um ID de VLAN da interface de rede para atribuí-lo a uma rede logicamente segmentada. Como uma VLAN é considerada uma rede lógica separada, o tráfego destinado para dispositivos pertencentes a diferentes VLANs deve ser roteado. Criar VLANs pode aumentar a segurança e a confiabilidade de sua rede.

Nota: O ID de VLAN deve ser um número entre 1 e 4094.

b. Especificar um servidor DNS

Atribua um servidor DNS ou obtenha automaticamente um endereço de servidor DNS.

C. Configurar Entroncamento de Porta

Entroncamento de portas permite que você combine várias interfaces de LAN para mais largura de banda, balanço de carga e failover de tráfego para manter a conectividade de rede no caso de uma falha de porta de rede.

Nota: Certos modos de entroncamento de portas exigem suporte correspondente e configuração adequada dos switches conectados. Por exemplo, o IEEE 802.3ad deve ser habilitado em switches para utilizar Agregação de Link Dinâmico IEEE 802.3ad.

1. Clique em "Adicionar" para iniciar a configuração de entroncamento de portas.

2. Selecione os adaptadores de rede e o modo de Entroncamento de portas.

3. Clique em “Aplicar”.

* Esta função está disponível apenas em certos modelos.
* Esta função não é suportada por TBS-453A.

d. Configurar IPv6

Para habilitar o IPv6, clique em "IPv6" e marque a opção "Habilitar IPv6".

O sistema será reiniciado após você ativar a configuração de IPv6. Depois que o sistema for reinicializado, a página de IPV6 mostrará as configurações de IPv6 disponíveis. Use esta página para definir as configurações de IPv6 e servidor DNS ou habilitar o serviço radvd, o Router Advertisement Daemon para IPv6.

Nota: radvd só pode ser configurado no Adaptador 1.

e. Criar um Switch Virtual

Com a função de Switch Virtual, você pode criar switches virtuais ou obter informações sobre switches virtuais que você criou no Virtualization Station, Container Station, ou Linux Station. Existem dois modos de switch virtual para ajudá-lo a estabelecer conexões de rede de acordo com seu ambiente.

  • Criar um Switch Virtual com Modo de Rede Privada

    Uma rede privada restringe o acesso para apenas permitir a comunicação entre computadores que estão na mesma rede física. Essa configuração é ideal para comunicar ou compartilhar dados dentro de uma rede e a conectividade com a Internet não é um requisito ou desejável. Por exemplo, você pode construir um ambiente isolado de LAN para acessar sistemas de vigilância com a melhor segurança de dados.

    Para criar um Switch Virtual para construir uma rede privada:

    1. Na aba “Switch Virtual", clique em "Adicionar" > "Modo de Rede Privada".


    2. Selecione os adaptadores que você deseja adicionar a esta rede privada. Em seguida, digite os parâmetros necessários, tais como o tempo de intervalo e concessão de endereço de IP.

    3. Clicar em "Adicionar".

Os dispositivos conectados a estes adaptadores obterão um endereço de IP. No entanto, eles só podem se comunicar com outros dispositivos pertencentes ao mesmo switch virtual.

  • Criar um Switch Virtual com Modo Switch

    Um switch virtual liga sua rede local com outra rede ou com a conexão de Internet. Para criar um Switch Virtual para liga redes:

    1. Na aba “Switch Virtual", clique em "Adicionar" > "Modo Switch".



    2. Selecione "Uplink" para o adaptador que se conecta a outra rede ou a Internet e "Downlink" para os dispositivos que serão conectado ao switch virtual.

    3. Clicar em "Adicionar".

Após ser criado, os dispositivos podem ser conectados a outra rede ou à Internet através da porta de uplink designado do switch virtual.

Nota: Para o Mode Switch e de Rede Privada, por favor, evite criar uma topologia em loop. Se isso acontecer em sua rede, cada dispositivo perderá a capacidade de se comunicar na rede.

f. Switch físico construído em TBS-453A

O TBS-453A possui um switch de hardware integrado além da funcionalidade do switch virtual avançado. Por padrão, você pode simplesmente usar as portas LAN como portas de switch de rede. Ou você pode configurar livremente as portas designadas como uma rede privada segura.

  • Para se conectar à Internet através do switch físico:

    1. O Adaptador 2 representa o switch integrado e permite que você configure portas LAN 2-1 para 2-4 como portas de switch de rede.

    2. Vá para "Switch de Rede e Virtual" > "Interfaces" > "Switch Físico".



    3. O modo padrão é modo switch, conectar uma destas portas (2-1 para 2-4) à Internet e utilizar as restantes portas para se conectar a outros dispositivos.

  • Para criar uma rede privada:

    1. Certifique-se de que as portas 2-1 para 2-4 não estão conectadas à outra rede.

    2. Clique na guia "Interfaces" e selecione "Switch físico".



    3. Clique em “Aplicar”. Agora conecte à porta 2-1 para 2-4 para formar uma rede local segura.

Nota: Para o Mode Switch e de Rede Privada, por favor, evite criar uma topologia em loop. Se isso acontecer em sua rede, cada dispositivo perderá a capacidade de se comunicar na rede.

3. Wi-Fi

Conecte um adaptador USB Wi-Fi ao NAS para conectá-lo a uma rede sem fio. O NAS começará então a escuta redes sem fio que estão dentro do alcance. A seguir estão dois métodos para criar uma conexão a uma rede sem fio.

a. Faça uma conexão a uma rede sem fio que seja visível e no alcance

A maioria dos pontos de acesso de rede sem fio pode ser configurada para transmitir um Service Set Identifier (SSID) ou para não transmiti-lo. Se um ponto de acesso sem fio está transmitindo, então o NAS pode descobri-lo. A lista de acesso Wi-Fi irá mostrar todas as redes sem fio compatíveis que foram descobertas, a força do sinal e se é protegida por senha. Para conectar a uma rede que seja visível e no alcance:

1. Selecione a rede à qual você deseja se conectar e clique em "Conectar" .

2. O sistema irá determinar os requisitos de segurança, por exemplo, Wired Equivalent Privacy (WEP) e Wi-Fi Protected Access (WPA) e outras com suporte a métodos de criptografia. Você será solicitado a inserir uma chave de segurança, se a rede requer uma.

b. Fazer uma conexão a uma rede sem fio invisível

Você ainda pode se conectar a um ponto de acesso de rede sem fio que não está transmitindo seu SSID inserindo manualmente o SSID e informação de segurança.

Para conectar-se manualmente a uma rede sem fio, clique em "Conectar a uma rede Wi-Fi". Em seguida, digite as informações necessárias para completar a conexão. Você também pode criar uma rede ad-hoc, que permite que os nós se comuniquem diretamente (computador para computador) sem a necessidade de um AP.

Nota: O sistema suporta apenas um adaptador USB sem fios de cada vez.

4. Servidor DHCP

A função de servidor DHCP permite que você configure a função de servidor DHCP do NAS. O NAS pode atuar como um servidor DHCP para sua rede. Um servidor DHCP atribui automaticamente um endereço de IP para cada computador ou dispositivo na sua rede. Para ativar o serviço DHCP no NAS:

1. Clique na guia "Servidor DHCP" e clique em "Adicionar".

2. Selecione o adaptador de rede para o serviço DHCP e insira as configurações relacionadas tais como intervalo de endereço de IP e tempo de concessão do cliente. Em seguida, clique em "Aplicar".

3. A página do servidor DHCP irá exibir as informações do servidor DHCP.

5. Gateway predefinido

Use as instruções a seguir para configurar um gateway padrão que permite o contato entre o NAS e um host ou rede remota (por exemplo, a Internet).

1. Clique em “Gateway padrão”.

2. O sistema detecta automaticamente os adaptadores que podem acessar a Internet e ser a interface pré-determinada que os pacotes sejam enviados para fora de um conjunto.

3. Se você deseja escolher manualmente um gateway padrão, selecione "Escolher manualmente o gateway de padrão do sistema". Selecione uma interface secundária no caso em que a interface primária não pode alcançar a rede remota designada.

Data de lançamento: 2016-01-19
Foi útil?
Obrigado por seu retorno.
Obrigado por seu retorno. Se você tiver qualquer dúvida, contate support@qnap.com
17% das pessoas acham que foi útil.